10 Passos Para Se Manter Cheia de Energia

Você se sente meio desanimada, cansada, estressada? Saiba que pequenas mudanças simples de atitude, de alimentação e de hábitos ajudam a virar o jogo e deixam você em forma para aproveitar o dia a dia com mais leveza e cheia de energia!

1. Exercite-se com prazer

Ao praticarmos exercícios físicos, dois hormônio são liberados: a endorfina, responsável por aliviar o stress, e a dopamina, que dá sensação de prazer. Exercitar-se é, portanto, fundamental. Mas o melhor mesmo, é encontrar uma atividade que dê bem-estar físico, mental e emocional. Na dúvida, tente diferentes modalidades e escolha a que mais a estimula.

2. Abuse dos líquidos e fique cheia de energia

Começando pela água, que é um ótimo energizante, pois faz o transporte de nutrientes para as células. Essencial a todos os processos metabólicos vitais para o organismo, ela melhora ainda o funcionamento dos rins e do intestino, elimina toxinas pela urina, pelo suor e auxilia na circulação sanguínea. O ideal é ingerir de 2 a 3 litros por dia. Os sucos também são ótimos energéticos. Veja esta dica:  2 folhas de couve, 1 cenoura, 1 maçã, 1 pedaço pequeno de gengibre e 200 ml de água de coco. Fornece muita energia!

3. Coloque alimentos funcionais na dieta

manter cheia de energia

Eles têm substâncias bioativas que protegem a saúde e aumentam a energia: tudo de que você precisa! Conheça alguns dos mais energéticos: Maçã – possui vitaminas do complexo B, fósforo e potássio, combatendo o stress e a fadiga. Banana – turbina a energia por ser das melhores fontes de potássio e vitamina B6. Pimenta – melhora a circulação sanguínea e a libido. Romã – age na renovação celular. Nozes – ricas em vitaminas e minerais, que dão muita disposição. Lentilha – aumenta o ânimo porque tem boa dose de enxofre. Sementes de gergelim, girassol e abóbora – estimulam o metabolismo dos carboidratos, liberando energia.

4. Procure gerenciar seus pensamentos

Classifique os pensamentos que transitam pela sua cabeça e use-os a seu favor!. Para isso, utilize uma tabela que inclui cinco critérios de análise: a qualidade (se é bom ou ruim), a origem (se é seu ou dos outros), a frequência (passageiro ou persistente), o teor (construtivo ou transformador), a essência (romântico, criativo…). O passo seguinte é fazer dos pensamentos bons, criativos e positivos o pano de fundo da mente. Eles criam realidades no mundo físico! Alguém duvida?

5. Reduza o consumo de sal, açúcar e farinha branca

Prefira alimentos integrais. Além de mais nutritivos, são ricos em fibras, que ajudam a regular o trânsito intestinal e, assim, aumentam a energia. E reduza o uso de dois grandes inimigos da disposição: o açúcar branco, que causa fadiga, e o sal, sabotador da energia, porque em excesso provoca desequilíbrio entre líquidos e minerais, alterando a pressão arterial. Opte por açúcar mascavo e sal marinho.

6. Seja amiga do verde

manter cheia de energia

Os benefícios de estar em contato com a natureza já foram comprovados cientificamente. Pesquisa da Universidade de Chiba, no Japão, garante que a terapia da floresta é mais do que relaxante. Bastam 40 minutos de contemplação e caminhada para uma redução de até 16% no stress, de 2% na pressão arterial e de 4% nos batimentos cardíacos! E tem mais: esse contato com o verde estimula a produção de células que combatem infecções e tumores, benefício que se estende até um mês depois do passeio. Bom demais, não acha?

7. Encontre sua verdadeira motivação

Quanto mais você se conhece e se aceita, mais chance tem de ser feliz! O livro “Você Sabe Como Seu Cérebro Cria Pensamentos?” (editora Segmento Farma), propõe um exercício de cinco dias que nos ensina a buscar autoconhecimento e motivação real. A cada dia, responda a uma pergunta. Dia 1. Quem sou eu? Dia 2. Quem são meus pais? Dia 3. Qual a minha verdadeira função no mundo? Dia 4. O que acontecerá com a minha capacidade de pensar quando eu morrer? A cada etapa, anote tudo que vier à mente. Dia 5. Reúna todos os textos anteriores em um, resuma e sintetize em uma palavra, sensação, ideia, paisagem, para ser lembrada sempre, resgatando quem é você e o que a motiva.

8. Experimente malhar na praia

É uma grande idéia por vários motivos: só o fato de pisar na areia, sentir a brisa do mar e o calor do sol dá o maior gás. Além disso, quebrar a rotina também é estimulante. Pode ser corrida, frescobol ou vôlei de praia. “O bom das atividades que envolvem outras pessoas é que se tem uma motivação a mais: encontrar os amigos. E nada de se matar: exercite-se entre 20 e 40 minutos, no início da manhã ou final de tarde, e depois dê um energizante mergulho. Mas não se esqueça, claro, de se proteger contra o sol.

9. Inclua a meditação na sua rotina

manter cheia de energia

Meditar reduz o ritmo da atividade cerebral, diminui a pressão sanguínea, desacelera os batimentos cardíacos e o metabolismo. Ou seja: é um santo remédio contra ansiedade e irritação. Toda prática meditativa tem início quando se orienta a mente para um foco, que pode ser a respiração. Concentrar-se na observação da sua respiração, inspirando e expirando sete vezes, já é um bom começo. Gradativamente, amplie o tempo até 20 minutos, uma ou duas vezes ao dia.

10. Descubra o tempero da sua vida

Depois de calcular o tempo que uma pessoa ocupa com trabalho, sono, tarefas domésticas, higiene, refeições e compromissos, chegamos à conclusão de que sobra, em média, uma hora e meia por dia para fazer o que se gosta. Como exemplo listamos pequenas coisas que deixam a vida mais saborosa:  O café da manhã ao ar livre, folhear álbuns de fotos, arrumar uma bela mesa, dançar, saborear ostras à beira-mar… O que você adora fazer? Comece a formar a sua lista!

Gostou deste artigo? Então curta nas Redes Sociais!…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *